Make your own free website on Tripod.com

ENCEFALOPATIA HEPÁTICA

 

Definição :

e o conjunto de sintomas neuropsiquiatricos que ocorrem em pacientes com doença hepática.

 

Fatores precipitantes:

·          Constipaçao

·          Diureticos

·          Disturbios de ingestão de substâncias proteicas

·          Hemorragia digestiva

·          Infecçao

·          Sedativos

·          Uremia

 

Diagnóstico:

Graduação clinica da EH

Grau I                       

confusao leve, euforia ou depressao, dininuiçao da atenção, retardo em realizar tarefas mentais, irritabilidade, alteraçao do ciclo sono-vigilia.

Grau II

Asterixis e hiper-reflexia, prostração, letargia, deficiencias grosseiras na capacidade de realizar tarefas mentais, desorientaçao intermitente (comumente temporal), alterações da personalidade.

Grau III

sonolencia, porem despertavel, incapacidade em realizar tarefas mentas, desorientaçao espacial e temporal, confusao  acentuada, amnesia, crises de raiva. 

Grau IV

Coma profundo.

 

Testes psicometricos:

Permite avaliaçao de alteraçoes subitas da EH. Avaliar a assinatura (comparar com assinatura habitual), conexao apropriada dos numeros e tempo de realização (ate 60s), copiar desenhos graficos

 

Tomografia computadorizada do SNC:

indicada quando ha suspeita de outra doença associada que resulta em coma ou confusao, isto e, hematoma subdural, abscessos ou tomores.

 

Eletroencefalograma

Quando a causa do coma e abscuro apos investigaçao inicial. O traçado pode ser caracteristico na encefalopatia hepática.

 

Avaliação laboratorial

·          Analise da ascite

·          Creatinina e ureia

·          Culturas (sangue, urina e escarro)

·          Eletrolitos sericos (Na, K, Ca, P, Mg)

·          Gasometria

·          Glicose serica

·          Testes bioquímicos hepáticos (TGP, TGO, TP, albumina, fosfatase alcalina, bilirrubinas

·          Testes de hepatite viral

 

Tratamento:

 

1. Dieta aproteica (a medida que vai ocorrendo melhora clinica, iniciar 20-40g/dia de proteína vegetal e aumentar gradativamente a cada 3-5 dias ate o maximo de 70g/dia ou 1g/kg/dia)

2. Lactulose (LACTULONA) 30ml  VO de 8/8h (com objetivo de manter 2-3 evacuações liquidas-pastosas/dia)

3. Enemas = 300ml lactulose

                          700ml SF morno

              VR de 8/8h

(realizado se o paciente nao tiver condições de lactulose VO)

4. Neomicina 1g de 6/6h

5. Flumazenil (indicado quando suspeita de encefalopatia por benzodiazepinicos, principalmente no grau IV)